segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Entrevista - Luciane Rangel

Oi mores, 
     Estou um pouco muito envergonhada talvez por aparecer aqui depois de tanto tempo? Estou sim, mas ok. :v

     Já que eu tomei vergonha nessa fuça fedida pra poder voltar a postar aqui no bróguinho, voltei logo pra sambar na cara das zinimiga com uma entrevista super power com a linda e querida Luciene Rangel.


     Se você não a conhece, vou falar um pouquinho de quem é essa grande autora. 


     Luciane Rangel cursou magistério no Ensino Médio, obtém bacharel em direito, tornou-se professora, ama tanto Japonês que decidiu cursar Letras Português - Japonês na UERJ né pouca bosta não, mores. Nasceu em 21 de julho de 83 e no ano de 2010 lançou o primeiro livro Guardians Vol. 1. 
     Hoje o um estande de livros que contém Guardians Vol. 1, Guardians Vol. 2, Guardians Vol. 3, Se Você Puder Me Ouvir, Tenshi: Um Anjo Sem Asas, Micaela&Maire, Destinos de Papel (meu fav) e o mais novo Contando Estrelas.


Oi Lu, tudo bom?

     Eu estava mega ansiosa pra essa entrevista desde quando nos conhecemos lá no  KabunaCon! 

     Estou viciada nos seus livros menina, como é que faz?! Haha 


     Sem dúvida o meu favorito é o Destino de Papel. Lembro que quando li a sinopse ao seu lado e disse que tinha me identificado, você me respondeu com um "cuidado" e começou a rir. O problema é que eu, em poucas linhas, me vi no lugar da Rebeca! Falando nisso, lá vem o interrogatório. Hahaha

     Oi, lindona!
Obrigada pelo carinho. Adorei saber que você curtiu a história da doidinha da Rebeca <3  ^_^
Beijocas!


Como você faz para os seus personagens tocarem tão bem os seus leitores?

Acho que o primeiro passo é a empatia. Quando crio um personagem, tenho a ciência de que não sou eu ali. Acho essa a melhor parte de escrever uma história: entrar na mente do personagem e, de certa forma, viver uma vida diferente da minha, com um passado diferente do meu, tomar atitudes diferentes das que eu tomaria. Acho que é essa verdade dos personagens que acaba criando uma identificação com os leitores.


Quando você percebeu que gostava de escrever e que era realmente boa nisso?

Eu tinha uns 23 anos quando tomei coragem para publicar algo meu na internet. Antes, sempre amei escrever, mas fazia isso só para mim e, lá pelos 19 ou 20 anos, também passei a mostrar para alguns amigos. Mas não tinha muita confiança. A primeira história que comecei a publicar virtualmente começou sem muita pretensão, e acabou atingindo um número significativo de pessoas, e trouxe para mim leitores que me acompanham até hoje.


Qual é a sua intenção quando começa a criar um projeto?

Pode parecer clichê, mas sempre espero que minhas histórias sejam capazes de tocar o coração das pessoas.


De onde surge a inspiração para a criação de seus personagens? Algo ligado a realidade ou você cria tudo?

Vem tudo da minha cabecinha fértil rs... Não costumo me inspirar em pessoas reais, no máximo já fiz algumas homenagens por meio de nomes ou características físicas, mas nunca de fato inseri uma pessoa "real" em um personagem.


O que você mais gosta em suas obras e qual é o seu livro favorito ao qual já escreveu?

O que eu mais gosto são exatamente os personagens. Gosto de dessa brincadeira de entrar na mente do personagem. Não tenho um livro preferido. Brinco que é como pedir para uma mãe escolher um dos filhos rs... Amo todos, cada um com suas particularidades.


Conta pra gente sobre esse novo livro que está lançando!

Contando Estrelas é um livro sobre fazer o bem. Uma história de amor, mas não apenas de um casal. O livro acompanha todo o crescimento enquanto pessoa da Elisa, que inicialmente é uma adolescente fútil e sem maiores preocupações, mas que começa a mudar a partir do dia que conhece o Fábio, um garoto que tem o estranho hábito de dobrar estrelinhas de papel.


Agora eu bate e volta, jogo rápido! Lembrando que suas respostas influenciarão muito! HUEHEU

Qual Moon você é? Sailor Moon, total <3 
Sasuke ou Naruto? Se eu disser que nunca assisti/li Naruto, vocês não ficam bravos comigo? hahaha... (herege! ;-;) 
Estrela ou mar? estrela <3 
Bolacha ou biscoito? BIXXCOITO! =D
Manhã ou tarde? Tarde. De manhã eu não sou ninguém! hahaha
Momento ideal para escrever? Madrugada (e é por isso que eu não sou ninguém pela manhã rs)
Abertura de Dragon Ball ou Pokémon? Ai, essa é difícil. Com o coração na mão, eu fico com Dragon Ball.

Muito obrigada por ter dado um pouquinho do seu tempo para o blog! Estou ansiosa para comprar o seu novo livro e fazer a resenha! 

sábado, 26 de março de 2016

I'm Strong!

 "Hoje sou mais forte. Hoje eu consigo. Hoje eu faço. Hoje eu conquisto."

     Passei tanto tempo com medo de não ser quem eu sou que acabei me perdendo no mundo dos gigantes. Passei tanto tempo sonhando com o topo que esqueci de dar o primeiro passo e subir os primeiros degraus.

     Mas hoje eu sou mais forte. Hoje eu posso levantar a muralha da China com uma mão. Posso segurar Júpiter, abraçar Plutão. Posso evitar um cometa com apenas uma mera caneta.

     Mas hoje eu consigo. Consigo entender que tudo o que passei não passavam das seis e que lá vem as sete, oito, nove e dez todas em tons pastéis.

     Mas hoje eu faço. Faço tudo o que me der na telha sem me preocupar com a opinião alheia. Faço aquilo que gosto, que quero, aquilo que sonho e venero.

     Mas hoje eu conquisto, afinal, tudo me é lícito

      Agradeço a todos que me ajudaram e até mesmo derrubaram, pois sem vocês esse texto não seria escrito. Por isso digo e repito:

Obrigada por me fazer entender que eu consigo.

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Inspiração: Box Braids

     Olá meus petenos gafanhotos, hoje eu (infectada pela Kevileen Silva) vim trazer para vocês esse estilo incrível e ao qual estou apaixonada! Mas admito que não gostei de inicio e quando vi o resultado me apaixonei na migs. Haha Então já domada por essa onda de tranças, resolvi trazer algumas inspirações e contar um pouquinho de como surgiu.

     As Box surgiram na década de 90. São tranças geralmente feitas com Jumbo ou Kanekalon junto com um pedaço do seu cabelo. Para conseguir colocá-lo você precisa estar com a raíz no mínimo com 5 centímetros. No ano de 2015 as pessoas estão aproveitando muito essa onda de quebrar trabu com essa onda de cores, cabelos naturais e as tranças, então meu bem, use e abuse! Use cores, tamanhos e o que mais você quiser! Então vou deixar umas inspirações aqui para você. ♥




  


     Se quiser saber um pouco mais tem esse vídeo aqui de uma amiga que explica tudo direitinho e ainda dá umas dicas ótimas para penteados! Lica aí, vai *-*


Espero que tenham gostado! Elfa desliga. :3

© | COISAS DA ELFA | • voltar ao topo